Mensagem do Presidente

 

Bem-vindos,

A Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética tem neste mandato responsabilidades acrescidas: por um lado herda a construção prévia de uma sociedade científica sólida e promotora de formação de qualidade, e por outro encontra novos desafios inerentes aos “tempos modernos”.

A SPCPRE vinga pela partilha de conhecimentos técnicos e científicos interpares, pela organização de congressos e ações de formação de qualidade, pela aposta nos novos colegas mais novos (internos e especialistas), e no estabelecimento de parcerias com outras sociedades reconhecidas. Porém, agora terá de estar mais visível e envolvida com a população em geral, através dos media e das redes sociais, assim como através de ações de sensibilização para temas relacionados com a especialidade.

A prestação de cuidados de saúde e a sua qualidade são cada vez mais discutidos e escrutinados, a segurança está na agenda de todos os decisores políticos e gestores da área dos cuidados de saúde. No entanto, ainda nos deparamos com grandes brechas na regulação dos cuidados e seus prestadores nalgumas áreas em que a Cirurgia Plástica tem responsabilidade e influência. Os cidadãos não podem estar desprotegidos, sem as garantias da maior segurança e do melhor resultado que a legis artis pode dar, em áreas como a cirurgia estética, a reconstrução mamária, o tratamento de queimados, entre outros.

A intervenção pública, de todos e em nome de todos os associados, para a obtenção de um ganho acrescido em qualidade e segurança é, nos dias de hoje, um dever. Além de primarmos pela discussão científica e inovação entre colegas, teremos de abrir portas à sociedade em geral.

Para tal, há pressupostos que têm de ser garantidos, como a informatização e modernização da estrutura administrativa da sociedade, a participação de elementos da Comissão de Internos nas reuniões da direção e nos eventos organizados pela SPCPRE, o levantamento de temas-chave e fraturantes para a sua discussão pública, e um trabalho de investigação contínuo.

O III Congresso Ibérico de Cirurgia Plástica, que decorreu pela primeira vez em Portugal, foi um bom ponto de partida para a nossa SPCPRE cada vez mais dinâmica!

O facto desta direção da SPCPRE ser a mais nova desde sempre, também não é despiciendo, efetivamente esta nova geração traz consigo outra força e motivação que se traduzirá, sem sombra de dúvida, numa vitalidade acrescida para os desafios que agora se colocam à nossa Sociedade.

Neste site que agora se renova, procuraremos fornecer informação útil sobre todos os assuntos relacionados com a especialidade. Poderá encontrar aqui informação sobre vários aspetos da especialidade, sobre intervenções cirúrgicas mais comuns e de como escolher um cirurgião plástico acreditado. Aqui poderá saber quais os cirurgiões plásticos, membros da SPCPRE, os seus contactos e eventuais áreas de interesse profissional.

Aos colegas cirurgiões plásticos, reservamos um espaço de encontro informativo e de debate que esperamos seja de grande utilidade na divulgação dos múltiplos assuntos que nos unem.

Celso Cruzeiro