dreamstimeextrasmall 9931734 ed

O excesso de gordura ou mesmo de tecido mamário acumulado na mama masculina, pode ser removido recorrendo á lipoaspiração e á excisão do tecido mamário.

É uma intervenção que demora habitualmente entre uma e três horas, dependendo do volume e qualidade dos tecidos a remover e também da técnica utilizada.

Pode ser executada sob anestesia local e sedação ou necessitar de anestesia geral.

Pode requerer um internamento de curta duração ou ser feita em regime ambulatório.

Inchaço, equimose, diminuição da sensibilidade e desconforto nas áreas operadas, são habituais embora temporárias.

Os riscos desta operação são a infecção, a acumulação de fluidos (seroma), ou sangue (hematoma), lesão da pele, irregularidades do contorno toráxico, perda de sensibilidade mamilar, pigmentação e eventual necessidade de reintervir para remover tecidos adicionalmente.

Habitualmente a retoma da vida profissional processa-se em cerca de oito a dez dias, mas com restrição de exercício físico mais intenso, que só poderá ser consentido ao fim de três a quatro semanas. Algum inchaço residual e equimose podem persistir por três ou seis meses.

Os resultados são geralmente satisfatórios, sendo aconselhável o controle do peso.

Para mais esclarecimentos deverá consultar o seu cirurgião

Login